sábado, 25 de abril de 2015

Debate mobiliza militância do PT em Olinda

PT de Olinda realiza debate rumo ao 5º Congresso Nacional do Partido e convoca a militância aguerrida a permanecer firme na luta em defesa do Brasil. Na ocasião, houve também um ato simbólico pelas 100 novas filiações ao partido.



Debates preparam para o 5º Congresso do PT


Com o tema: O papel do Brasil em um mundo em transformação: a ordem econômica e geopolítica internacional", a Fundação Perseu Abramo realizou o segundo debate preparatório ao 5º Congresso do Partido dos Trabalhadores (PT), ontem(24), no Golden Tulip Hotel, em Boa Viagem. Para Marcelo Santa Cruz, presente no evento, os debates estão ocorrendo em todo o Brasil e são essenciais não apenas para a militância petista, mas também para a toda a sociedade.

O 5º Congresso do Partido dos Trabalhadores (PT) será realizado em Salvador, na Bahia, de 11 a 13 de junho de 2015. Nele, os delegados e delegadas petistas vão discutir e deliberar sobre a atualização do projeto partidário, os desafios dos novos tempos, a situação nacional e internacional, as perspectivas de avanço do projeto político e a renovação do modelo de organização do PT, além da aprovação de um plano de ação partidária para os próximos quatro anos.

Serviço
“O papel do Brasil em um mundo em transformação: a ordem econômica e geopolítica internacional"
18h30 - Abertura
Iole Ilíada, vice-presidenta da Fundação Perseu Abramo
Mônica Valente, secretária de Relações Internacionais do PT
19h-20h30
Expositor
Marco Aurélio Garcia, assessor-chefe da Assessoria da Presidência da República e membro do Diretório Nacional do PT
Debatedores/as:
Maria Regina Soares de Lima, professora do IESP-UERJ
Víctor Baez, secretário-geral da Confederação Sindical de Trabalhadores das Américas/CSA
Fátima Mello, coordenadora da FASE e da Rebrip
Wladimir Pomar, cientista político
Coordenadora de mesa
Teresa Leitão, presidenta do Diretório Estadual do PT/PE e deputada estadual PT/PE
20h30-21h30: debate com o público

Mesa de debate



Com Paulo Ubiratan, Fernando Ferro e Marco Aurélio

Olinda em debate


Com o Senador Humberto Costa e o Sec. de Direitos Humanos olindense Humberto de Jesus debatendo a conjuntura política de Olinda.










segunda-feira, 20 de abril de 2015

Pedro Eugênio, Presente Agora e Sempre!

Pedro Eugênio faleceu hoje a noite. É mais uma grande perda para o povo brasileiro, o PT e porque não dizer para a Pátria Brasil e, em especial, neste momento político.

Estava impactado com a morte do companheiro MANOEL SANTOS e agora parte um companheiro de minha geração, 1968 com quem tive uma militância comum por mais de 50 anos. Pedro Eugênio, em 71/72 foi preso e torturado pela ditadura, eu cassado, expulso da Faculdade e exilado. Posteriormente, reencontramo-nos na luta pela ANISTIA E NAS DIRETAS JÁ. Enfim, no PT, quando fui seu liderado.

Pedro Eugênio, Presente Agora e Sempre!


domingo, 19 de abril de 2015

Biblioteca Municipal de Olinda comemora Dia do Índio

Hoje(19) é o Dia do Índio. Data para reflexão sobre a importância da preservação dos povos, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais. Esta tarde o Vereador e defensor dos Direitos Humanos Marcelo Santa Cruz participou da programação realizada na Biblioteca Municipal de Olinda, em comemoração à data.

Durante o evento organizado pelo índio Boro e Gustavo Rosas tratou-se de dar importância ao resgate da cultura indígena, além do papel histórico desse Povo em nossa história. Ao final prestigiamos apresentações culturais.



MANOEL SANTOS - NOTA DE PESAR

Manoel Santos fez o bom combate, cumpriu a missão até o fim. Perdemos para eternidade um grande companheiro cuja a origem camponesa e sua consciência de classe fazia a diferença em nosso combativo PT. MANOEL SANTOS PRESENTE AGORA É SEMPRE.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

MANOEL MATTOS, PRESENTE AGORA E SEMPRE

O julgamento dos assassinos do companheiro Manoel Mattos foi muito emblemático. É o primeiro em que há o deslocamento da competência da Justiça Comum para Federal e isto ocorre quando há uma grave violação aos direitos humanos. Outro ponto a ser destacado foi a unidade entre nós, advogados assistentes de acusação e os Procuradores da República. Finalmente, fez-se JUSTIÇA. Antes tarde do que nunca.

MANOEL MATTOS, PRESENTE AGORA E SEMPRE.

Dois dos cinco acusados foram condenados pelo crime, ocorrido em 2009, na Paraíba. A justiça concluiu que o sargento reformado da PM, Flávio Inácio Pereira, foi um dos mandantes do crime. Já José da Silva Martins foi apontado como autor dos disparos. Ambos foram condenados a 26 e 25 anos de reclusão, respectivamente, em regime fechado por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil, sem dar chance de defesa a vítima. 
Já os outros réus, Cláudio Roberto Borges, José Nilson Borges e Sérgio Paulo da Silva foram absolvidos.